Vacina contra COVID-19 para gestantes e lactantes

Gestantes e lactantes podem receber a vacina contra a COVID-19?Sim, podem. As vacinas disponíveis no Brasil (atualmente Coronavac e Astra Zeneca) são consideradas seguras.Não foram testadas em gestantes e lactantes, porém, os estudos realizados em animais não mostraram efeitos teratogênicos – são portanto consideradas categoria B (assim como a maioria dos medicamentos que as gestantes eventualmente fazem uso). A recomendação atual da FEBRASGO (Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia) é:“Puérperas…

Read more

Infecção por HPV – sempre tratar?

É muito comum a dúvida: tenho HPV mas meus exames são normais. Preciso tratar? A resposta é: NÃO. A simples presença de HPV sem lesões associadas e sem alterações de citologia (Papanicolaou) ou de colposcopia não indica tratamento e sim acompanhamento, apenas.  https://www.instagram.com/tv/CKMtS_ynsJx/?igshid=1ctv8f8qcjsnz Dra. Carolina Corsini Ginecologista e Obstetra CRM-SP: 109680

Read more

Vacina contra o HPV

A vacina contra o vírus HPV é uma maneira segura e eficaz de redução de risco de câncer de colo uterino. Ela está disponível na rede pública para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 9 a 11 anos, mas pode ser dada até 45 anos papara mulheres e 26 para homens. Indivíduos que já tiveram início da vida sexual e/ou que já tiveram infecção do vírus HPV…

Read more

Pra que serve a coleta do HPV?

Atualmente, a coleta do HPV faz parte do rastreamento do câncer de colo uterino. Mulheres que tem o HPV 16 e/ou 18 positivos são consideradas de alto risco e devem permanecer sob vigilância colposcópica (controle semestral). Já as pacientes que apresentam papanicolau negativo e HPV negativo podem repetir o exame em 3 anos. É importante reforçar que a simples presença de HPV, sem lesões concomitantes, não é indicação de tratamento.…

Read more

As verrugas causadas pelo HPV podem virar câncer?

Não.As verrugas causadas pelo HPV são benignas, apesar de gerarem intenso desconforto estético, preocupação e de evoluírem de forma rápida. Esse tipo de alteração é causada por HPV de baixo risco. No entanto, indivíduos que apresentam verrugas (condilomas) podem ter infecção concomitante de HPV de alto risco – que pode provocar lesões com potencial maligno. É imprescindível, portanto, que mulheres que apresentam condilomas sejam avaliadas por um ginecologista e submetidas…

Read more

Lesões de vulva causadas pelo HPV

O HPV pode se manifestar na vulva através das verrugas (condilomas) ou de lesõés pré-malignas, que podem levar ao câncer. Essas lesões podem ser múltiplas, enegrecidas ou esbranquiçadas. Ou podem ser lesões únicas com superfície rugosa e prurido local. No entanto, a maior parte desses achados está relacionada a alterações benignas da vulva, portanto, não há motivo pra pânico. Ao identificar uma lesão diferente, agende uma consulta com seu ginecologista.…

Read more

Pós-datismo

Chamamos de “pós-datismo” quando a gestação ultrapassa a data provável do parto, ou seja, 40 semanas. Uma vez que após 40 semanas podem ocorrer prejuízos decorrentes da falência placentária, gestações de alto ou médio risco não devem ultrapassar a data limite. Já a gestações de baixo risco podem ser acompanhadas até 41 ou 42 semanas (dependendo do protocolo institucional), realizando exame clínico e de vitalidade fetal no mínimo 2 vezes…

Read more

O que fazer ao identificar uma verruga na região genital?

O que fazer ao identificar uma verruga na região genital? É comum perceber o aparecimento de verrugas ou bolinhas na região genital e aí vem a dúvida: será que é HPV? Normalmente, as verrugas genitais são lesões benignas mas que infelizmente podem proliferar muito rápido. Por este motivo, ao identificar alguma lesão suspeita na região genital, agende uma consulta com seu ginecologista o mais breve possível – na consulta é…

Read more

Risco do HPV

Metade das mulheres que estão em um relacionamento de longo prazo consideram que não estão sob risco de infecção pelo HPV. Essa informação infelizmente não é correta. Mulheres em relacionamentos monogâmicas há muito tempo podem sim vir a desenvolver alterações causadas pelo vírus HPV devido a alta prevalência dessa infecção e ao fato de que o vírus pode permanecer na fase latente (sem provocar lesões) por muitos anos. Daí a…

Read more

Herpes genital durante a gravidez

O herpes genital é a principal causa de úlceras genitais e está entre as doenças sexualmente transmissíveis mais prevalentes em todo o mundo. Caracteriza-se pelo aparecimento de vesículas e úlceras múltiplas e dolorosas na região genital. São relativamente comuns as recorrências do herpes genital durante o período gestacional.A transmissão para o feto é extremamente rara mas potencialmente grave. Gestantes que apresentam lesão genital herpética no momento do parto ou que…

Read more