Risco do HPV

Metade das mulheres que estão em um relacionamento de longo prazo consideram que não estão sob risco de infecção pelo HPV. Essa informação infelizmente não é correta. Mulheres em relacionamentos monogâmicas há muito tempo podem sim vir a desenvolver alterações causadas pelo vírus HPV devido a alta prevalência dessa infecção e ao fato de que o vírus pode permanecer na fase latente (sem provocar lesões) por muitos anos. Daí a…

Read more

Uso do Teste do HPV no rastreamento do câncer de colo do útero

Atualmente, o teste de HPV faz parte do arsenal usado no rastreamento do câncer de colo uterino. O ideal é a realização da Genotipagem por PCR – teste que identifica se a paciente tem o HPV de alto risco e qual tipo. A importância da genotipagem é que, uma vez identificado o HPV do tipo 16 ou 18, a paciente é classificada como alto risco e deve pemanecer sob vigilância…

Read more

Controle do HPV durante a pandemia

Como programar os controles de pacientes com alterações citológicas por HPV durante o período de pandemia? Dra. Carolina CorsiniGinecologista e ObstetraCRM-SP: 109680

Read more

HPV x Gestação

Infelizmente, é comum o aparecimento de condilomas (verrugas causadas pelo HPV) na gestação. Acredita-se que o fato esteja relacionado à imunidade mais baixa da gestante, o que predispõe a proliferação do HPV. Apesar de benigna, é uma condição que leva a grande preocupação. Recomenda-se procurar o obstetra assim que perceber o aparecimento das lesões – muitas vezes elas se espalham rápido e quanto mais cedo se iniciar o tratamento, melhor.…

Read more

A infecção pelo HPV é permanente ou transitória?

Essa com certeza é uma das dúvidas mais frequentes no meu consultório! A resposta é: na maioria das vezes, a infecção pelo vírus HPV é TRANSITÓRIA. Menos de 10% das mulheres que tiveram contato com HPV de alto risco terão infecção persistente com risco de evolução para câncer de colo uterino. Infelizmente não existe nenhum remédio para eliminar o vírus HPV. A eliminação depende do tipo de vírus e, mais…

Read more

Rastreamento da infecção por Clamídia

É recomendado o rastreamento para a infecção por Clamídia para TODAS as mulheres sexualmente ativas com idade igual ou menor a 25 anos. A Clamídia é uma bactéria sexualmente transmissível associada a diversas patologias do trato genital, sendo a mais comum a doença inflamatória pélvica aguda. Mesmo em infecções assintomáticas, ela pode causar complicações, como obstrução tubária, podendo levar a infertilidade. Além disso, a infecção por Clamídia tem estreita relação…

Read more

Lesões de baixo grau e alto grau no colo uterino

As lesões intraepiteliais cervicais caudadas pelo vírus HPV são classificadas em alto e baixo grau – isso reflete o grau de acometimento e a probabilidade de progressão para lesões invasivas. As lesões de baixo grau tem geralmente comportamento benigno e alta probabilidade de regressão espontânea. Devem ser acompanhadas, a princípio, de maneira conservadora, com repetição de citologia e colposcopia a cada 6 meses. O tratamento está indicado nos casos em…

Read more